VIÑEDOS

O TERROIR

A região de Agrelo, Luján de Cuyo, está localizada aos pés da montanha, na zona alta do Rio Mendoza.

Ali, no meio de solos áridos, sol radiante, noites frescas e água pura proveniente dos Andes, o Malbec encontra um lugar de acordo com suas exigências naturais. Estas características únicas, junto ao árduo trabalho de nossa gente permitem obter vinhos de grande personalidade, concentração aromática, notável estrutura e um elegante final.

“Quando definimos nosso terroir não só dizemos que está constituído por solos áridos, sol radiante, noites frescas e a água pura proveniente dos Andes, mas também pela expressão das pessoas que trabalham nas quintas e na vinícola. Cada uma delas, desde seu lugar de trabalho, com sua responsabilidade e compromisso, representam o esforço humano em conjunto com a natureza, esse é nosso terroir.” Ignacio Aristi.


AS QUINTAS

A grande exposição solar, especialmente no período final de maduração das uvas, e as noites frescas, dão uma grande amplitude térmica de 15 graus aproximadamente, garantindo condições ótimas para o processo de amadurecimento e a obtenção das substâncias aromáticas.

Mendoza é naturalmente um deserto irrigado pelo degelo das neves eternas dos Andes. Isto é vital devido às escassas chuvas, que rondam os 200 mm anuais.

A zona é particularmente ventilada, com predomínio de brisas do Sul e do Sudeste, e às vezes desce do Noroeste um vento cálido e seco conhecido como "Zonda". Condições ambientais extremadamente saudáveis para as videiras.

Os Andes, barreira natural da nebulosidade do Oceano Pacífico, as brisas do sul e o clima seco da região, garantem um alto número de dias ensolarados e límpidos, favoráveis para os processos de fotossíntese e obtenção de substâncias aromáticas complexas.

Os solos se originam da desintegração de minerais da cordilheira, depositados pela água e o gelo em camadas de textura arenosa, com boa drenagem e pobreza orgânica, ideal para nossos vinhos de qualidade.


FINCA LAS NAZARENAS

Esta quinta de 25ha de Malbec foi plantada em 1923, possui um sistema de irrigação tradicional por sulco, constituindo um patrimônio vitícola insubstituível.

  • Tipo de solo: areno-limoso
  • Sistema de poda: doble guyot duplo
  • Irrigação tradicional por sulco
  • Densidade de plantação: 6000 plantas/ha.
  • Rendimento por hectare: 60 qq. dados por um equilíbrio próprio da planta.

FINCA MELIPAL

Recuperando terras onde antigamente existiam vinhedos, em 2003 plantaram-se Malbec, Cabernet Sauvignon, Merlot, Petit Verdot e Cabernet Franc, depois de um minucioso estudo e seleção dos clones mais aptos conforme as condições do lugar.

  • Tipo de solo: areno-limoso
  • Sistema de poda: guyot simples
  • Irrigação por gotejamento
  • Densidade de plantação: 7900 plantas/ha.
  • Rendimento por hectare: 80 qq. Baseamos nossos esforços na gestão da planta, com a finalidade de conseguir uma ótima relação entre a cobertura (canopy) e o fruto.

A COLHEITA

A colheita é feita manualmente em caixas de 18 kg, onde se transporta a uva até a vinícola. Realiza-se uma primeira seleção no vinhedo e depois uma segunda seleção ao chegar à vinícola.

Todos os vinhedos estão localizados num raio de 1km., o que representa uma vantagem no momento de maximizar esforços no ingresso das uvas à vinícola no seu ponto ótimo de maturação, aproveitando as baixas temperaturas da manhã.

Novidades
Tim Atkin & Andreas Larsson

Tim Atkin & Andreas Larsson

Leia mais...

James Suckling

Melipal Blend 2013 | 93 Points Melipal Malbec 2014 | 92 Points

Leia mais...